Pular para o conteúdo principal

Postagens

DEPUTADO PEDE ABERTURA DE ESCOLAS

Postagens recentes

A INDÚSTRIA BRASILEIRA

A INDÚSTRIA BRASILEIRA Você já sabe o que é o PIB, nosso Produto Interno Bruto. A soma da riqueza produzida em todo o país, num período de um ano. Essa riqueza é produzida pelas diversas atividades que cada pessoa faz, essas atividades estão divididas em setores econômicos. Os setores da economia participam do PIB de forma diferente. Mas o que são os setores econômicos? A economia é distribuída em diferentes setores, sendo eles: setor primário, setor secundário e setor terciário. A indústria pertence ao chamado setor secundário da economia, pois envolve atividades de transformação. Os chamados produtos industrializados. Sabe pegar o leite e transformar em queijo, o trigo e produzir o macarrão ou a soja e transformar nos derivados da soja como por exemplo o óleo de soja. A participação de cada setor econômico em 2016 era distribuída da seguinte forma: agricultura: 5,5% indústria: 18,5% serviços: 76%, ou seja, A ATIVIDADE INDUSTRIAL BRASILEIRA CORRESPONDIA A 18,5% DE TODA A RIQUEZA PRODU

RESUMO SOBRE A ÁSIA

5G OS MOVIMENTOS DOS ESTADOS UNIDOS E O CONTRA-ATAQUE CHINÊS

  Em sua conta oficial no Twitter  a  @EmbaixadaChina [Embaixada da China no Brasil] continua a se defender dos ataques que o governo americano, liderado pelo presidente Donald Trump, vem fazendo em relação aos supostos ataques cibernéticos que a China poderia fazer em países que adotassem sua tecnologia 5G.     Não existe, até o momento, nenhuma comprovação que alguma empresa chinesa tivesse repassado algum bit de informação ao governo daquele país. E se os Estados Unidos colocam a China sob suspeita de usar sua tecnologia para fins de espionagem internacional, o que nos impedem de colocar sob suspeita empresas e o próprio governo estadunidense de ter intenções nada democráticas com a promoção de empresas e tecnologias da terra do Tio Sam?     Para além das acusações, sem provas, de possível espionagem e tráfico de dados de segurança nacional o que essa disputa revela é a briga gigante pelo controle (e portanto poder) da tecnologia 5G que promete revolucionar o que hoje chamamos apena

A DISPUTA PELA HEGEMONIA DO 5G ENTRE EUA E CHINA

    As disputas que envolvem Estados Unidos e China no tabuleiro político e econômico internacional pela hegemonia global entra no campo da tecnologia de dados, conhecida como 5G, a quinta geração de dados para atividades relacionadas à internet. O domínio desse campo é um passo à frente para qualquer país que se lance na disputa pela hegemonia global.     O Brasil, que não possui tecnologia própria neste setor, se vê na disputa entre empresas americanas e chinesas da oferta da tecnologia 5G. Esta é uma disputa que envolve não apenas empresas, mas, sobretudo, governos. Os interesses são grandes e os ataques entre governos, numa espécie de Guerra Fria da Nova Geração coloca Estados Unidos e China em constantes ataques, mesmo que no campo diplomático.     O texto que disponibilizo abaixo revela parte dessa disputa. Acompanhe os fatos para compreender o que está em jogo.    Pronunciamento do porta-voz da Embaixada da China no Brasil sobre as declarações contra a China feitas por políticos

A MAIOR ECONOMIA DO MUNDO

Os Estados Unidos já não são mais o número 1 do mundo em pelo menos um critério importante. A China já os ultrapassou em tamanho do PIB. E se o maior tende a ser o mais influente e mais poderoso, já se pode imaginar o impacto geopolítico desse fato novo. Na última sexta-feira, a conservadora revista The National Interest, dos Estados Unidos, já advertia para as consequências dessa nova liderança. Mas vamos primeiramente às relevâncias. Há duas maneiras de medir o PIB de um país. A primeira delas define em moeda local estável (deflacionada) o valor de bens e serviços (renda) e, depois,  para  efeito  de  comparação  com outras economias, a converte em dólar, a moeda líder, pelo câmbio médio do período, tal como praticado no mercado. Esse pode ser chamado de PIB pelo câmbio de mercado. A segunda maneira de cálculo busca quanto um país pode comprar em bens e serviços com sua moeda. Trata-se do critério do PIB pela Paridade do Poder de Compra (PPC), que parece mais apropriado para medir a

ESTAMOS VIVENDO A ASIATICANIZAÇÃO DO MUNDO?

MORAR NOS EUA OU NA CHINA? A democracia imperfeita ou a estabilidade do partido único      O FUTURO É ASIÁTICO. Este é o título bem direto de um livro de Parag Khanna, americano de origem indiana. Motivo número 1: “Demograficamente, o futuro já é asiático. Mais de 50% da população mundial vive na Ásia”. Número 2: “De 35% a 40% da economia mundial está na esfera asiática”. Terceiro, não mencionado pelo autor, mas provocante: a China, principal motor e a locomotiva dessas transformações, almeja oferecer aos vizinhos, próximos ou mais distantes, um modelo de desenvolvimento e de sistema político. Uma espécie de “capitalismo controlado pelo partido” em que a estabilidade compensa a ausência de democracia.       Desde que a crise do coronavírus escapou da China e contaminou o planeta, os órgãos de propaganda do regime e seus apaniguados no mundo acadêmico ocidental aceleraram a mensagem. O principal argumento é o que transparece superficialmente no mapa-múndi. De um lado, o país onde tudo c