Pular para o conteúdo principal

Dia do Geógrafo

Hoje é dia do geógrafo, nosso dia!
O que fazemos?
A mais bonita das nossas missões é ensinar geografia para as meninas e meninos, desde o ensino fundamental até o final do médio.
Ensinar tudo sobre o espaço de vida do ser humano: como ele se constitui e se mostra aos nossos olhos através das paisagens, o porque das paisagens tão diferenciadas seja no campo, seja na cidade! A  evidência da riqueza e da pobreza traduzida nas paisagens e a razão de ser dessa desigualdade.
Explicamos também que a ganancia dos donos da sociedade, para produzirem as paisagens, agridem a natureza, especialmente pela exploração dos recursos naturais de forma acelerada e sem  nenhum cuidado ou respeito para com a Mãe Terra!
Explicamos para essa juventude, que o espaço geográfico abriga a vida no planeta e não apenas a vida humana... E que ninguém, a VIDA - não existe fora dele, pelo menos por enquanto... até que habitemos a lua ou marte!!!
Explicamos a esses meninos que o conhecimento do espaço geográfico e sua organização no campo ou na cidade é uma ferramenta poderosa da politica, pois ele é um ingrediente essencial, sua compreensão para a constituição da cidadania, conceito tão decantado...
Para que a cidadania exista é preciso de um povo, um território e uma cultura espacialmente configurados em formações socioespaciais, vivendo solidaria e generosamente...
Explicamos a esses meninos, depois quando estudam geografia nas universidades, que os geógrafos não são técnicos. Somos filósofos da técnica, pois todo espaço humano hoje se tecnificou...
Ensinamos na universidade que o geógrafo, mais que ninguém precisa ser culto, competente, generoso e saber o que faz. E que seu caminho a ser perseguido é difícil e exigente... Afinal, lidamos com a totalidade em movimento que é o espaço geográfico!
A Geografia nova, indispensável para o conhecimento geográfico do mundo contemporâneo necessita para sua compreensão e prática de geógrafos estudiosos, profundos conhecedores dessa disciplina, sem travestimentos... Ser geógrafo apenas, não é tarefa fácil...
Não há como lidar com  a maior característica destes tempos que é a aceleração da produção das desigualdades socioespaciais - pois se apresentam diversamente pelos territórios do planeta - sem o conhecimento geográfico!
Não há como conquistar a cidadania sem o conhecimento do seu espaço, do seu lugar!
Não há como fazer planos diretores sem o conhecimento do uso do território da cidade e do município e sem refinar o conhecimento sobre a constituição dos lugares e as dinâmicas do urbano e da urbanização!
Não há como entender o campo - hoje o território agrícola - sem a compreensão da sua justaposição com as atividades urbanas ligadas a agricultura!
Não há como ser geógrafo e não cuidar do bem estar da vida das pessoas existindo no planeta!
Não há como ser geógrafo, sem abandonar a velha disciplina que nos ensinaram no século passado e que não existe mais!
Não há como ser geografo sem compreender a importância do que fazemos, estudando os usos do território especialmente para compreender a ação das empresas predadoras dos países do sul, pelo uso  e expropriação que fazem do nosso território nacional!
Não há como ser geógrafo e não compreender que podemos dar uma enorme contribuição para a construção do futuro desde que entendamos a correção indissociável entre objetos geográficos, hoje técnicos e essa psicoesfera normativa, fascista que nos impões guela abaixo pelo mundo todo, como intencionalidades marcante das elites, que pelo poder tudo praticam tudo fazem, até golpes de estado.
E, finalmente, para ser um bom geografo é preciso ter lado, seja ele qual for!
Um geógrafo omisso, medroso... é um traidor do conhecimento estratégico! um traidor do futuro!
Pensar geograficamente hoje, a partir da geografia nova é ter como ancora o futuro! As tecnologias hoje e a aceleração contemporânea do tempo, nos permite chegar lá, bem antes do que imaginávamos!
SER GEÓGRAFO É SER  COMBATENTE, COMO ALIAS SEMPRE FOMOS, DESDE QUE ESTIVEMOS DENTRO DOS QUARTEIS...
ANTES DE ADENTRARMOS AS UNIVERSIDADES..

PARABÉNS AOS GEÓGRAFOS BRASILEIROS, ESPECIALMENTE NOSSOS MESTRES QUE DESBRAVARAM O CONHECIMENTO DO NOSSO PAIS... ELES SÃO MUITOS E ALGUNS DELES AINDA ESTÃO POR AI...
VIVA A GEOGRAFIA BRASILEIRA!
VIVA OS GEÓGRAFOS BRASILEIROS!

Maria Adélia de Souza (via Facebook - originalmente publicado em https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1314903828523950&id=100000130351563).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mapas mundi para usos múltiplos

Os trabalhos com mapas nas aulas de geografia são bastante importantes e a cartografia é uma linguagem já consolidada no auxílio das explicações geográficas, climatológicas e geológicas realizadas nas mais variadas situações didáticas.
Neste post disponibilizo alguns mapa mundi com que o professor de geografia pode utilizar nas mais variadas situações de aprendizagens. O primeiro mapa é o mapa mundi político em preto e branco com possibilidades de usos diversos, como por exemplo, divisão em continentes, países centrais e periféricos, etc. O segundo mapa mundi possui tema específico para se trabalhar as coordenadas geográficas, sendo possível elaborar jogos para melhor compreensão desse contúdo e, por fim, o terceiro mapa mundi trata-se de um mapa mudo onde é possível trabalhar vários temas de acordo com o conteúdo selecionado. Este é um mapa que pode ser aberto em um editor de imagem (como o Paint do Windows) para preencher cada país com a cor que desejar.
Caso você tenha feito uso dess…

Proposta estabelece estratégia nacional para retorno às aulas

As diretrizes nacionais, definidas em acordo por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas.
O Projeto de Lei 2949/20 estabelece uma estratégia nacional para retorno às aulas durante a pandemia de Covid-19. A proposta, do deputado Idilvan Alencar (PDT-CE), tramita na Câmara dos Deputados.Pelo texto, União, estados e municípios devem organizar colaborativamente o retorno às atividades escolares, interrompidas com o Decreto Legislativo 6/20 que reconheceu a calamidade pública por causa da pandemia. A estratégia será definida por princípios, diretrizes e protocolos, respeitadas as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias brasileiras.As diretrizes nacionais, acordadas por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas. Elas deverão seguir princípios como atenção à saúde física e mental de profissionais de educação e estudantes; prev…

Os cinco maiores países do mundo

Rússia, Canadá, China, Estados Unidos e Brasil são os cinco maiores países do mundo em extensão territorial. A semelhança fica somente no quesito tamanho do território, quando olhamos para alguns dados populacionais as diferenças podem ser bastantes significativas.

Veja os dados populacionais de cada um desses gigantes territoriais.

População da Rússia
Densidade demográfica 8,8 hab/km²
Homens 66.644.047 habitantes
Mulheres 76.812.871 habitantes
População residente em área rural 26,08 %
População residente em área urbana 73,92 %
População total 143.456.918 habitantes
Taxa bruta de mortalidade 15 por mil
Taxa bruta de natalidade 12 por mil
Taxa média anual do crescimento da população 0,042 %

População do Canadá
Densidade demográfica 4 hab/km²
Homens 17.826.268 habitantes
Mulheres 18.113.659 habitantes
População residente em área rural 18,35 %
População residente em área urbana 81,65 %
População total 35.939.927 habitantes
Taxa bruta de mortalidade 8 por mil
Taxa bruta de natalidade 11 po…