Pular para o conteúdo principal

260 mil obras para download


Livros, artigos, reportagens e textos de senadores podem ser baixados gratuitamente. Entre obras raras disponíveis, estão o original da Lei Áurea, de 1888, e um livro de 1633 que descreve o Brasil.

A Biblioteca Digital do Senado, que em dois meses completará dez anos de existência, disponibiliza para download gratuito mais de 260 mil documentos. O acervo digital reúne livros, obras raras, artigos de revista, notícias de jornal, textos de senadores e de servidores do Senado e legislação, inclusive em áudio.

Segundo o chefe do Serviço de Biblioteca Digital, André Luiz Lopes de Alcântara, as obras são de domínio público ou foram cedidas pelos proprietários dos direitos autorais. O público-alvo, afirma, é formado principalmente por estudantes e pesquisadores de direito e história.

Cerca de 2,5 milhões de downloads são feitos anualmente, de acordo com Alcântara.

— As obras mais baixadas são os áudios do Código Civil e da Constituição. A partir do momento em que o usuário encontra o material que deseja, ele pode salvá-lo e imprimi- -lo livremente. A gente só pede que a fonte seja citada.

A preservação e a divulga- ção estão entre as principais funções da Biblioteca Digital, destaca Alcântara. Segundo ele, o conteúdo disponível se destaca pela qualidade e pela segurança.

— Hoje a internet tem muito conteúdo de qualidade duvidosa. As bibliotecas digitais, entre elas a do Senado, se destacam por oferecer um material de alta qualidade, que passa pelos cuidados de diversos profissionais. É uma fonte segura de pesquisa.


História 

Alcântara afirma que a atualização do acervo digital é feita conforme a aquisição de novos livros e a produção intelectual do Senado. Novos artigos são disponibilizados semanalmente na página. As notícias dos jornais são inseridas diariamente. 

— O ritmo da publicação dos livros costuma ser um pouco mais lento, já que também depende da autorização dos detentores dos direitos autorais. 

Aproximadamente 1,4 mil obras raras também compõem o acervo da Biblioteca Digital. O livro mais antigo é o Novus Orbis seu Descriptionis Indiae Occidentalis, de Johannes de Laet, de 1633. Trata-se de uma descrição geográfica, etnológica e linguística da América, além de relatos e desenhos de animais e plantas da região, com especial destaque para o Brasil. 

Outra obra de grande valor histórico é a versão digitalizada da Lei Áurea, de 1888. O documento é assinado pela princesa Isabel. 

— São obras históricas e fonte de pesquisas primárias — ressalta Alcântara.

Acesse a Biblioteca do Senado clicando aqui.

Fonte: Jornado do Senado Nº 4.576

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mapas mundi para usos múltiplos

Os trabalhos com mapas nas aulas de geografia são bastante importantes e a cartografia é uma linguagem já consolidada no auxílio das explicações geográficas, climatológicas e geológicas realizadas nas mais variadas situações didáticas. Neste post disponibilizo alguns mapa mundi com que o professor de geografia pode utilizar nas mais variadas situações de aprendizagens. O primeiro mapa é o mapa mundi político em preto e branco com possibilidades de usos diversos, como por exemplo, divisão em continentes, países centrais e periféricos, etc. O segundo mapa mundi possui tema específico para se trabalhar as coordenadas geográficas, sendo possível elaborar jogos para melhor compreensão desse contúdo e, por fim, o terceiro mapa mundi trata-se de um mapa mudo onde é possível trabalhar vários temas de acordo com o conteúdo selecionado. Este é um mapa que pode ser aberto em um editor de imagem (como o Paint do Windows) para preencher cada país com a cor que desejar. Caso você te

Proposta estabelece estratégia nacional para retorno às aulas

As diretrizes nacionais, definidas em acordo por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas. O Projeto de Lei 2949/20 estabelece uma estratégia nacional para retorno às aulas durante a pandemia de Covid-19. A proposta, do deputado Idilvan Alencar (PDT-CE), tramita na Câmara dos Deputados. Pelo texto, União, estados e municípios devem organizar colaborativamente o retorno às atividades escolares, interrompidas com o Decreto Legislativo 6/20 que reconheceu a calamidade pública por causa da pandemia. A estratégia será definida por princípios, diretrizes e protocolos, respeitadas as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias brasileiras. As diretrizes nacionais, acordadas por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas. Elas deverão seguir princípios como atenção à saúde física e mental de profissionais de educação e estudantes; pr

Os cinco maiores países do mundo

Rússia, Canadá, China, Estados Unidos e Brasil são os cinco maiores países do mundo em extensão territorial. A semelhança fica somente no quesito tamanho do território, quando olhamos para alguns dados populacionais as diferenças podem ser bastantes significativas. Veja os dados populacionais de cada um desses gigantes territoriais. População da Rússia Densidade demográfica 8,8 hab/km² Homens 66.644.047 habitantes Mulheres 76.812.871 habitantes População residente em área rural 26,08 % População residente em área urbana 73,92 % População total 143.456.918 habitantes Taxa bruta de mortalidade 15 por mil Taxa bruta de natalidade 12 por mil Taxa média anual do crescimento da população 0,042 % População do Canadá Densidade demográfica 4 hab/km² Homens 17.826.268 habitantes Mulheres 18.113.659 habitantes População residente em área rural 18,35 % População residente em área urbana 81,65 % População total 35.939.927 habitantes Taxa bruta de mortalidade 8 por mil Taxa