Pular para o conteúdo principal

Imagens que falam

Ler o mundo através das imagens, essa é uma das possibilidades que nos é apresentada a todo o momento, especialmente se estamos falando de pessoas que, como você, possui minimamente acesso à rede mundial de computadores, ou de pessoas que com acesso a algum tipo de publicação com imagens selecionadas, como os livros didáticos ou revistas. Ainda é possível (e indicado) abrirmos nossos olhos e outros sentidos para o que está à nossa volta.

Foi com essa ideia que apresento neste post duas imagens que apesar do distanciamento artístico estão conectadas no conteúdo. Neste caso, o conteúdo que aqui imprimimos a essas imagens.

O que ou como a geografia poderia falar sobre as imagens que aqui selecionamos?

Foto: Cory Richards - Natgeocreative

A imagem acima são de duas crianças nepalianas no Reino de Mustang, Nepal e para início de conversa, ou reflexão, será que criança é criança em qualquer lugar da Terra? Quanto tempo dura a infância nos mais diversos territórios?

Outro elemento que pode ser discutido, a partir da imagem acima, é o conceito de paisagem e lugar, dois conceitos fundamentais para se discutir as relações espaciais em geografia.

Para subir um nível nessa análise, vamos fazer uma proposta de análise comparativa entre imagens e para isso selecionei a imagem abaixo.

Trata-se da imagem de duas galáxias que interagem desafiando a convenção cósmica.

Image credit: ESA/Hubble & NASA

O telescópio espacial de Hubble capturou uma vista impressionante de duas galáxias de interação localizadas a cerca de 60 milhões de anos-luz de distância. Eles estão tão próximos que estão sendo distorcidos pelas forças gravitacionais entre eles, e estão torcendo-se nas formas incomuns e únicas visto aqui.

Imaginemos que nós tivéssemos uma espaçonave que fosse capaz de viajar à velocidade da luz, ou seja, a uma velocidade de 300.000 km/s (trezentos mil quilômetros por segundo). Nessa velocidade iríamos demorar cerca de 60 milhões de anos para chegar nesta galáxia.

Você acha essa distância muito grande? Considerando as escalas do universo essa até poderia ser considerada uma distância relativamente pequena.

Agora uma pergunta para reflexão de todos nós. Considerando sua cultura, seus valores qual a distância entre você e aquelas crianças da primeira imagem? Não se trata de responder com uma quantidade de quilômetros, pois mesmo vivendo no mesmo mundo, vivemos ao mesmo tempo, em mundos diferentes. Vivemos no mesmo mundo na aparência e não na essência (será?).

[Perceba você, caro leitor, que a palavra mundo possui significados diferentes, você seria capaz de fazer uma análise sobre os usos aqui empregados? Deixe seu comentário].

Seria o momento para se discutir desigualdade social? Cultura? Capitalismo?

Imagine como seria alcançar a galáxia registrada pelo telescópio Hobble a 60 milhões de anos da Terra. Para percorrer tamanha distância precisaria de um esforço, atualmente, não conhecido pela humanidade.

Todavia, para diminuir as distâncias dos nossos "mundos", qual deveria ser o caminho a ser percorrido pela humanidade? Algum palpite?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mapas mundi para usos múltiplos

Os trabalhos com mapas nas aulas de geografia são bastante importantes e a cartografia é uma linguagem já consolidada no auxílio das explicações geográficas, climatológicas e geológicas realizadas nas mais variadas situações didáticas. Neste post disponibilizo alguns mapa mundi com que o professor de geografia pode utilizar nas mais variadas situações de aprendizagens. O primeiro mapa é o mapa mundi político em preto e branco com possibilidades de usos diversos, como por exemplo, divisão em continentes, países centrais e periféricos, etc. O segundo mapa mundi possui tema específico para se trabalhar as coordenadas geográficas, sendo possível elaborar jogos para melhor compreensão desse contúdo e, por fim, o terceiro mapa mundi trata-se de um mapa mudo onde é possível trabalhar vários temas de acordo com o conteúdo selecionado. Este é um mapa que pode ser aberto em um editor de imagem (como o Paint do Windows) para preencher cada país com a cor que desejar. Caso você te

Proposta estabelece estratégia nacional para retorno às aulas

As diretrizes nacionais, definidas em acordo por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas. O Projeto de Lei 2949/20 estabelece uma estratégia nacional para retorno às aulas durante a pandemia de Covid-19. A proposta, do deputado Idilvan Alencar (PDT-CE), tramita na Câmara dos Deputados. Pelo texto, União, estados e municípios devem organizar colaborativamente o retorno às atividades escolares, interrompidas com o Decreto Legislativo 6/20 que reconheceu a calamidade pública por causa da pandemia. A estratégia será definida por princípios, diretrizes e protocolos, respeitadas as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias brasileiras. As diretrizes nacionais, acordadas por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas. Elas deverão seguir princípios como atenção à saúde física e mental de profissionais de educação e estudantes; pr

Os cinco maiores países do mundo

Rússia, Canadá, China, Estados Unidos e Brasil são os cinco maiores países do mundo em extensão territorial. A semelhança fica somente no quesito tamanho do território, quando olhamos para alguns dados populacionais as diferenças podem ser bastantes significativas. Veja os dados populacionais de cada um desses gigantes territoriais. População da Rússia Densidade demográfica 8,8 hab/km² Homens 66.644.047 habitantes Mulheres 76.812.871 habitantes População residente em área rural 26,08 % População residente em área urbana 73,92 % População total 143.456.918 habitantes Taxa bruta de mortalidade 15 por mil Taxa bruta de natalidade 12 por mil Taxa média anual do crescimento da população 0,042 % População do Canadá Densidade demográfica 4 hab/km² Homens 17.826.268 habitantes Mulheres 18.113.659 habitantes População residente em área rural 18,35 % População residente em área urbana 81,65 % População total 35.939.927 habitantes Taxa bruta de mortalidade 8 por mil Taxa