Pular para o conteúdo principal

Por uma outra Globalização


Ao discutir a introdução do livro Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência univeresal do professor Milton Santos, os alunos da 8ª série da Escola Básica Municipal Batista Pereira (2013) foram estimulados a escrever um breve texto sobre como seria, a partir de seu olhar, essa outra globalização. Vários textos foram escritos e alguns deles encaminhados para nosso site para serem publicados e aqui estão eles:
SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 19ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2010.


Nome: Rosângela Luiz
Turma: 84

                                 O mundo como pode ser : Uma outra globalização 

      Hoje em dia vemos que o mundo é meio perverso. Mais poderíamos pensar em
como seria um mundo mais justo e humano.

      Imagine um mundo sem corrupção, sem desvio de dinheiros de hospitais e educação,
iriamos garantir a vida de mais pessoas e os estudos estariam mais presentes na vida de
muita delas.

        Um mundo onde todos respeitariam as leis presentes, não viveriam em um mundo consumista onde o dinheiro às vezes é mais valorizado que pessoas.

         Também viveríamos com misturas de raças e culturas diferentes sem preconceitos.

*******************************************************
Nome: Brendon miorando
Turma:84
COMO PODERIA SER A GLOBALIZAÇÃO
O mundo hoje em dia é mostrado como fábula, e por isso que a gente não sabe da realidade, pois como é que a medicina esta tão avançada se muitas pessoas ainda morrem de doenças simples ?
O que falo acima é só um exemplo, pois também existem varias outras coisas que são mostradas a nós como fábulas.
O mundo de hoje poderia ser um mundo justo que não tivesse egoístas, que tiram dinheiro do povo ou aumentam os lucros de forma no produto que eles oferecem!
O mundo de hoje também poderia ser um lugar onde nós respeitassemos as diferenças e aceitássemos a opinião do outro (mesmo essas coisas sendo muito difíceis).
Minha opinião é que se os donos dos meios de produção oferecessem maiores salários aos trabalhadores das fabricas eles teriam maior motivação para trabalhar e produziriam mais (mas isso seria quase impossível graças as empresas concorrentes).
O mundo também poderia oferecer passagens aéreas mais baratas e podia disponibilizar mais aeroportos, pois traria mais vantagens para quem quisesse viajar (principalmente a negócios) e para quem quisesse fazer universidade em outro lugar.
O mundo também poderia reduzir impostos dos produtos importados de outros países e poderia reduzir os impostos aqui mesmo no brasil.
O mundo também poderia oferecer um tipo de lei mundial que diminui-se a renda do rico e aumenta-se a renda do pobre.
O mundo de hoje também ser um lugar onde, a internet, em vez de oferecer publicidades como jogos ou spans, pudesse oferecer sites informativos que pudessem informar sobre a inflação, impostos, contato com o governo, vagas de emprego, etc.
O mundo de hoje poderia ser um lugar onde o capitalismo fosse um pouquinho mais justo.(de preferencia bem mais do que hoje em dia).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mapas mundi para usos múltiplos

Os trabalhos com mapas nas aulas de geografia são bastante importantes e a cartografia é uma linguagem já consolidada no auxílio das explicações geográficas, climatológicas e geológicas realizadas nas mais variadas situações didáticas. Neste post disponibilizo alguns mapa mundi com que o professor de geografia pode utilizar nas mais variadas situações de aprendizagens. O primeiro mapa é o mapa mundi político em preto e branco com possibilidades de usos diversos, como por exemplo, divisão em continentes, países centrais e periféricos, etc. O segundo mapa mundi possui tema específico para se trabalhar as coordenadas geográficas, sendo possível elaborar jogos para melhor compreensão desse contúdo e, por fim, o terceiro mapa mundi trata-se de um mapa mudo onde é possível trabalhar vários temas de acordo com o conteúdo selecionado. Este é um mapa que pode ser aberto em um editor de imagem (como o Paint do Windows) para preencher cada país com a cor que desejar. Caso você te

Proposta estabelece estratégia nacional para retorno às aulas

As diretrizes nacionais, definidas em acordo por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas. O Projeto de Lei 2949/20 estabelece uma estratégia nacional para retorno às aulas durante a pandemia de Covid-19. A proposta, do deputado Idilvan Alencar (PDT-CE), tramita na Câmara dos Deputados. Pelo texto, União, estados e municípios devem organizar colaborativamente o retorno às atividades escolares, interrompidas com o Decreto Legislativo 6/20 que reconheceu a calamidade pública por causa da pandemia. A estratégia será definida por princípios, diretrizes e protocolos, respeitadas as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias brasileiras. As diretrizes nacionais, acordadas por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas. Elas deverão seguir princípios como atenção à saúde física e mental de profissionais de educação e estudantes; pr

Fuso Horário

FUSO HORÁRIO Cada um dos vinte e quatro setores esféricos em que se considerou dividida a superfície terrestre. Cada fuso horário é delimitado por dois semimeridianos que distam entre si 15°. Dentro de cada fuso horário convencionou-se existir a mesma hora (hora legal). Sempre que é necessário o traçado dos fusos é alterado, respeitando as fronteiras dos países, para que exista uma só hora dentro de cada estado. A Terra tem 24 fusos horários. O Meridiano de Greenwich (0°) é o marco inicial. Tendo Greenwich como referência, as localidades a leste apresentam horas adiantadas e as localidades a oeste registram horas atrasadas em relação a ele. Fuso Horário no Brasil O território brasileiro, por se encontrar no hemisfério ocidental, possui o seu horário atrasado em relação ao meridiano de Greenwich. Além disso, em razão de o país possuir uma ampla extensão (leste-Oeste), seu território é dividido administrativamente em quatro fusos horários, cuja demarcação oficia