Pular para o conteúdo principal

SEMAGEO 2018 na UFSC




A 39ª SEMAGEO - Semana de Geografia da Universidade Federal de Santa Catarina - que terá como tema central "Do lugar ao mundo: a prática profissional em Geografia" irá acontecer nos dias 21, 22, 23 e 26 de maio de 2018.

O evento acontece no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da UFSC. Agende-se e participe deste importante momento para a Geografia em Santa Catarina.

Programação*


21/05 Segunda-feira
Manhã
  • 8:00 – Credenciamento; Abertura da exposição fotográfica “Movimento Interfaces Pedagógica em Florianópolis” com o tema “Cidade e Campo: memória, lugar e paisagem.” – com café de integração.
  • 10:00 – Abertura oficial do evento com mesa composta pelas entidades convidadas.
  • 10:15 – Conferência de abertura – A formação e a profissionalização em Geografia – debates contemporâneos. Prof. Dr. Nelson Rego (UFRGS) Mediadora: Licenciada em Geografia Renata Brückmann Gomes Machado.
Tarde
  • 13:30 – Espaços de Diálogo e Práticas (EDPs) – espaços para apresentação e discussão de pesquisa, extensão e práticas de ensino. Esse espaço receberá trabalhos acadêmicos, metodologias e reflexões escolares, que serão apresentados de diversas formas.
  • 13:30 – Oficinas e Minicursos
Noite
19:00 – Conferência: Cartografias e Sociedade: a cartografia social e a geografia.
Profª Drª Ana Maria Lima Daou (UFRJ) Mediador: Prof. Dr. Nazareno José de Campos (UFSC)
22/05 Terça-feira
Manhã
  • 08:30 – Oficinas e minicursos.
Tarde
  • 13:30 – Oficinas e Minicursos
Noite
  • 19:00 – Mesa de debate – O Campo como espaço da memória, lugar e paisagem – reflexões geográficas sobre o papel do geógrafo. Participantes: Prof. Dr. Jorge Ramon Montenegro Gomez (UFPR); Prof. Dr. Danilo Piccolli Neto (UFSC), Mediador: Estudante de Geografia Mateus Engel Voigt (UFSC).
23/05 Quarta-feira
Manhã
  • 8:30 – Mesa de debate – Formação docente: reflexões e desafios na relação Escola e Universidade. Participantes: Prof. Dr. Nestor André Kaercher (UFRGS); Prof. Msc. Márcio Marchi (Colégio de Aplicação/UFSC). Mediadora: Estudante de Geografia Barbara Cibele de Cezaro Eberhardt.
  • 10:00 Café solidário.
  • 10:30 – Mesa de debate – A cartografia e as geotecnologias como elementos de inovação na prática geográfica. Participantes: Prof. Msc. João Quoos (IFSC). Geógrafo e Doutorando em Geografia José Maurício de Camargo (APROGEO). Mediadora: Profª Drª Rosemy Nascimento (UFSC)
Tarde
  • 13:30 – Espaços de Diálogo e Práticas (EDPs) – espaços para apresentação e discussão de pesquisa, extensão e práticas de ensino. Esse espaço receberá trabalhos acadêmicos, metodologias e reflexões escolares, que serão apresentados de diversas formas.
  • 13:30 – Oficinas e Minicursos
Noite
  • 19:00 – Mesa de debate – A Cidade como espaço da memória, lugar e paisagem – reflexões geográficas sobre o papel do geógrafo. Participantes: Profª Drª. Vania Alves Martins Chaigar (FURG); Prof. Dr. Elson Manoel Pereira. Mediador: Prof. Dr. Orlando Ferretti (UFSC).
  • 21:00 – Confraternização
26/05 Sábado
  • 07:30 Trabalhos de campo em Geografia
Datas Importantes:
  • A partir de 03 de abril 2018 inscrição para participar do evento e inscrições de trabalhos nos Espaços de Diálogo e Práticas;
  • Inscrição para oferecimento de Oficinas e Minicursos; lançamento de livros e revistas (devem encaminhar email a coordenação do evento).
  • 30 de abril 2018 – Encerramento das inscrições de trabalhos para Espaços de Diálogos e oferecimento de Oficinas e Minicursos.
  • 15 de maio de 2018 – Resultado final da avaliação por parte da Comissão Científica dos trabalhos para Espaços de Diálogo e Práticas.
* Com informações da página oficial do evento <http://39semageo.paginas.ufsc.br/2018/04/02/programacao-completa-da-39a-semageo/> Acesso em 25/04/2018.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mapas mundi para usos múltiplos

Os trabalhos com mapas nas aulas de geografia são bastante importantes e a cartografia é uma linguagem já consolidada no auxílio das explicações geográficas, climatológicas e geológicas realizadas nas mais variadas situações didáticas. Neste post disponibilizo alguns mapa mundi com que o professor de geografia pode utilizar nas mais variadas situações de aprendizagens. O primeiro mapa é o mapa mundi político em preto e branco com possibilidades de usos diversos, como por exemplo, divisão em continentes, países centrais e periféricos, etc. O segundo mapa mundi possui tema específico para se trabalhar as coordenadas geográficas, sendo possível elaborar jogos para melhor compreensão desse contúdo e, por fim, o terceiro mapa mundi trata-se de um mapa mudo onde é possível trabalhar vários temas de acordo com o conteúdo selecionado. Este é um mapa que pode ser aberto em um editor de imagem (como o Paint do Windows) para preencher cada país com a cor que desejar. Caso você te

Proposta estabelece estratégia nacional para retorno às aulas

As diretrizes nacionais, definidas em acordo por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas. O Projeto de Lei 2949/20 estabelece uma estratégia nacional para retorno às aulas durante a pandemia de Covid-19. A proposta, do deputado Idilvan Alencar (PDT-CE), tramita na Câmara dos Deputados. Pelo texto, União, estados e municípios devem organizar colaborativamente o retorno às atividades escolares, interrompidas com o Decreto Legislativo 6/20 que reconheceu a calamidade pública por causa da pandemia. A estratégia será definida por princípios, diretrizes e protocolos, respeitadas as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias brasileiras. As diretrizes nacionais, acordadas por todos os entes, servirão de referência para os protocolos de estados e municípios para o retorno às aulas. Elas deverão seguir princípios como atenção à saúde física e mental de profissionais de educação e estudantes; pr

Os cinco maiores países do mundo

Rússia, Canadá, China, Estados Unidos e Brasil são os cinco maiores países do mundo em extensão territorial. A semelhança fica somente no quesito tamanho do território, quando olhamos para alguns dados populacionais as diferenças podem ser bastantes significativas. Veja os dados populacionais de cada um desses gigantes territoriais. População da Rússia Densidade demográfica 8,8 hab/km² Homens 66.644.047 habitantes Mulheres 76.812.871 habitantes População residente em área rural 26,08 % População residente em área urbana 73,92 % População total 143.456.918 habitantes Taxa bruta de mortalidade 15 por mil Taxa bruta de natalidade 12 por mil Taxa média anual do crescimento da população 0,042 % População do Canadá Densidade demográfica 4 hab/km² Homens 17.826.268 habitantes Mulheres 18.113.659 habitantes População residente em área rural 18,35 % População residente em área urbana 81,65 % População total 35.939.927 habitantes Taxa bruta de mortalidade 8 por mil Taxa